Cadela perde parte da boca após ter bomba amarrada ao corpo no Réveillon

Uma cadela teve a mandíbula destruída na primeira madrugada do ano, depois que uma bomba foi amarrada e explodiu em sua boca, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. A polícia investiga o caso.

Rebeca, como está sendo chamada, foi resgatada pela Grupo Força Animal e levada para uma UTI em estado grave.

“Situação da bomba amarrada na boca foi confirmada pela equipe veterinária, que, na limpeza, retirou barbantes”, escreveu a ONG.

A cadela precisará passar por cirurgia, o que preocupa. Segundo o grupo, se a língua não for recuperada, o animal não aprenderá a comer.

Neste sábado (2), a ONG publicou em rede social um “pequeno avanço”: a língua desinchou, e a cadela conseguiu engolir por seringa —e deve usar sonda para alimentação. No entanto, ainda há risco, e ela está usando focinheira lada fazer suporte da boquinha, que está despedaçada.

A Polícia Civil busca os responsáveis. “Estamos muito perto de concluir mais essa investigação”, escreveu neste sábado o investigador Cassio Silva, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente.

No final de 2016, caso parecido chamou a atenção. No Natal daquele ano, agressores colocaram uma bombinha no  ânus de uma cadela, e a explosão ocorreu, possivelmente, quando ela tentava remover o artefato. Sofreu lesões muito graves, teve o focinho parcialmente mutilado e precisou passar por cirurgia para reconstrução dos lábios, do reto e para fechar a ferida que expunha a vértebra. Drika, recuperada, continua vivendo sob os cuidados da ONG Paraiso dos Focinhos, no Rio.

Maus-tratos a animais é crime. A lei Sansão, em vigor desde o ano passado, aumenta a punição e prevê prisão para quem maltratar cães e gatos.

FOGOS

O ano também começou com relatos de cães perdidos e feridos em consequência de queima de fogos.

Em pânico, muitos  se machucaram ao tentar fugir durante o barulho. Nas redes, também há declarações de tutores sobre cães que morreram.

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!