Idoso recebe visita de pet no hospital antes de morrer de Covid-19

Um idoso de 92 anos, internado com Covid-19, teve um encontro emocionante com Lilica, sua cachorrinha, dias antes de morrer devido a complicações da doença.

A despedida aconteceu no Hospital São José de Criciúma (SC), no domingo (24).

Na unidade havia quase dez dias, Frederico Minatto sentia falta da família e da cadela, sua companheira por aproximadamente dez anos.

Segundo informações do hospital, a iniciativa partiu da filha, diante da piora do estado de saúde do idoso. Ela, então, procurou o médico e perguntou sobre a possibilidade de levar o pet até o pai.

Com a entrada de Lilica liberada, todos os cuidados de segurança foram tomados. O transporte foi feito em caixa apropriada, e a cadela passou por higienização das patinhas.

O reencontro levou alegria ao tutor e esperança à família. De acordo com a unidade, a saturação de oxigênio do paciente subiu na ocasião, mas ele não resistiu e morreu na terça-feira (26).

O hospital já havia recebido a visita de um cão terapeuta, mas essa foi a primeira vez que um paciente pôde reencontrar seu pet.

É comprovado o benefício dos animais na saúde das pessoas. Há hospitais no país que permitem a visita de pets dos pacientes, dentro das normas de segurança. Outros aceitam presença de cães terapeutas —serviço afetado pela pandemia.

Frederico e Lilica (Divulgação/Hospital São José)

*
Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!