Investigação revela criação de raposas obesas para a indústria de pele animal

CRUELDADE E EGOÍSMO

(Foto: Daily Mail)

Os animais são mantidos em gaiolas imundas e forçados a engordar para que a pele seja removida.

Imagens lamentáveis mostram raposas em estado deplorável criadas em cativeiro para que suas peles sejam arrancadas em uma fazenda na Finlândia.

Um vídeo mostra animais perigosamente acima do peso com grandes peles e rolos de pele dobrada trancados em gaiolas apertadas. Ativistas afirmam que as raposas obesas estão sendo criadas até cinco vezes o peso normal para o lucrativo mercado de peles. O especialista em vida selvagem, Chris Packham, descreveu as imagens capturadas no oeste da Finlândia como “devastadoras”.

O registro divulgado pelo grupo finlandês de direitos animais Oikeutta eläimille, em tradução livre “Justiça Animal”, revela as condições precárias em uma fazenda de “alto nível social” em que os animais são forçados a produzirem gordura, enquanto alguns têm condições oculares chorosas e pés deformados. De acordo com a Humane Society International do Reino Unido (HSI), as imagens gravadas em março de 2018 em uma fazenda chamada SAGA.

O especialista em vida selvagem Chris Packham, que assistiu as filmagens para a HSI, disse: ‘Tendo observado raposas selvagens caminhando por muitos quilômetros por dia, escavando, explorando e socializando, é de partir o coração ver esses lindos e inteligentes animais confinados por todo o tempo. Vivendo em pequenas gaiolas estéreis em fazendas de peles. Privadas de seu ambiente natural, as raposas exibem comportamentos repetitivos que sinalizam claramente sofrimento mental.”

Os animais podem pesar até cinco vezes além do peso normal e ficam tão inchados que mal conseguem se mover nas gaiolas. Ativistas em defesa dos direitos animais informaram que, na natureza, as raposas pesam cerca de 3,5 quilos enquanto uma raposa encontrada no cativeiro pesa mais de 19 quilos.

Segundo a organização Oikeutta eläimille, é ilegal na Finlândia criar animais de uma maneira que cause sofrimento. Normalmente, são necessárias cerca de 10 a 20 raposas para fazer um casaco de pele, mas os animais também são usados ​​para fazer chapéus, fraldas e frisos para capuzes de casaco. De acordo com as estatísticas do comércio do Reino Unido, nos últimos cinco anos, mais de 2,5 milhões de euros em artigos de peles foram importados da Finlândia para o Reino Unido.

Apesar do Reino Unido ter proibido a criação de peles no ano 2000 por ser antiético, os ativistas salientam que ainda está sendo importado grandes quantidades de pele de outros países. “As condições em que esses animais se encontram são o resultado da ganância por lucros. Maior pele significa mais dinheiro para o criador de peles. Os animais pagam o preço com sofrimento”, declarou Kristo Muurimaa, da organização Oikeutta eläimille.

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id)){return}js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs)}(document,”script”,”facebook-jssdk”));

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!