Viagem com cães e gatos | Dra. Luciana Fonseca | PGM 647 | B5

Viagem com cães e gatos

Pets Bagunceiros

Cuidados para se tomar quando for viajar com animais 

De carro:

  • animal estar com cinto de segurança próprio pra animal
  • Caixinha de transporte fixada ao cinto de segurança do carro
  • Carteirinha de vacina e em alguns estados o Atestado de saúde emitido pelo veterinário. 

De onibus:

  • Dentro do país:

Caixinha de transporte para que fique nos pés do passageiro no caso de poder ir junto com o passageiro. 

De avião:

Entrar em contato com a embaixada do país de destino. No geral:

  • Viagens internacionais:
  1. Atestado do médico veterinário afirmando estar tudo OK com o animal que é levado até o ministério de agricultura para que o veterinário de lá emitir o atestado , que é válido por 3 a 10 dias.
  2. Sorologia de raiva. Laudo demora entre 30 dias para sair e só pode viajar depois de 90 dias. 
  3. Caixinha do tamanho que dê para dar uma volta de 360º 
  • Viagens nacionais: 
  1. Apenas o atestado do veterinário do cão.
  2. Caixinha do tamanho que dê para dar uma volta de 360º

Viagem com cães e gatos

E aí ? O que você achou desse post ? Te ajudou ? Deixa nos comentários sua opinião !! 

 

Você gosta de animais ? Gosta de saber dicas pra melhor cuidá-los ? Gosta de ficar sempre antenado com notícias a respeito deles? Então curta nossas fanpages e faça parte do nosso time PRO PETS:

Laços para Pet

Pets Bagunceiros

Terra Dos Gatos

Você gosta de RECEITAS ? Também temos nossas fanpages com publicações diárias de diversas receitas, da uma olhadinha:

Receita Para O Dia a Dia

Apaixonados Por Espetinhos

Churrasqueada Inesquecível

Curso Online De Pizzaiolo

Espetinhos E Churrascos Club

Viagem com cães e gatos

Estamos de volta com o programa mega profissionais e agora vamos falar do nosso quadro espaço pet o cuidado os nossos animais de estimação doutora luciana fonseca mais uma vez aqui no programa mega profissionais aliás doutora a senhora inclusive esteve ausente dois programas e todo mundo reclama muito né e areais seco é cumprimentando os nossos novos convidados que aliás foi a senhora que gentilmente nos convidou né está aqui no quadro mas sentem sua falta obrigado sempre sentem muito competentes que trabalham com a gente do bem assessorado era uma audiência gigante o mundo gostou muito né doutor hoje nós vamos falar do cuidar dos nossos animais vinhos com a nossa viagens viagens dentro do país e fora né país a quando a gente vai levar por exemplo animal a e quer levar não têm com quem deixar e não queremos nos separar dele e vai fazer uma viagem para fora do estado né existe alguns cuidados especiais que já está e observar tarde principalmente em época de férias.

Viagem com cães e gatos

pessoal sempre pergunta isso né quando a gente viaja de carro a recomendação é sempre um irmãozinho está com cinto de segurança que tem o próprio pra cachorro que ele usa uma peitoral e um cinto que é acoplado no cinto de segurança nós será a gente recomenda ou a caixa de transporte também e essa caixinha tem também fixa porque se eventualmente tiver um acidente a caixinha é projetada para frente a gente também tem espécie é pede pra prender o cinto de segurança tá é no nosso sinto a a polícia federal ela recomenda que você ande com a carteirinha de vacina que tem os dados do animal em alguns estados ou em algumas barreiras como você parada eles solicitam que o veterinário imita um atestado de saúde nossa que é um animal que o veterinário ele emite esse texto é válido por 10 dias tá se eventualmente depois desse tempo a pessoa voltar para a cidade após os dez dias é recomendado que na cidade que ele está ele faça um novo pedido a outro veterinário para voltar eu só vi hoje é terrestre viagens de carro em viagens de ônibus a um pouquinho mais enjoado porque a gente precisa se forem dentro do país a gente precisa da caixinha de transporte é essa caixinha ela normalmente tem que ficar nos pés do do passageiro em algumas companhias e é o ônibus é o animal vai no bagageiro nós aí eu não recomendo a que eu acho muito sofrido num lugar que não é próprio mas existem empresas que pedem que o animal no bagageiro tá então nesse sentido eu não gosto que puder sair de carro mavam uma coisa seria interessante avião tá avião de pan eu sempre peço para hoje para os clientes eles buscarem na embaixada entrar em contato com a embaixada do país que eles estão indo porque em determinados países eles têm algumas exigências a mais do que outros no geral a nós médicos veterinários a gente emite um atestado aqui no brasil alegando que esse animal está saudável livre de parasitas de carro para fuga de bicheira caminhos e que está vacinado vermifugado em dia esse atestado mas levamos até o ministério da agricultura é nós não perder o proprietário leva no ministério da agricultura é e nem no ministério um veterinário de lá o veterinário credenciado do ministério da agricultura ele vai emitir um outro é atestado que é com esse que você viaja este atestado do ministério levado por três dias não tenha enganado e 31 em 10 mas em pouco tempo é então eu sempre recomendo ao proprietário é quando estiver próximo da data da viagem já organizar a documentação.

Viagem com cães e gatos

tá com esse documento ele vai apresentar na companhia aérea e ele consegue embarcar com o animal viagem internacional e além dos parques nacionais a gente só precisa do atestado nosso do veterinário normal tá mas é basicamente isso também há as vacinas têm que estar em dia então o tentar tudo ok e quando é viagens internacionais a eles recomendam fazer sorologia de raiva isso é uma coisa interessante porque eu tenho muito animais por exemplo que vem de fora do país pra cá proprietário em passar as férias da família é para entrar no brasil não tem tanta burocracia mas ele vai voltar para o país dele ele não consegue porque ele tem que fazer a sorologia de raiva a partir do momento que a gente faz astrologia de raiva eu faço hoje esse laudo ele pode demorar de 15 até 30 dias para sair e esse animal da data da coleta do sangue então de hoje que coletou sangue ele só pode viajar para fora depois de 90 dias então haja pessoas brasil passar 30 dias em jejum e não volta é isso então e ea mesma coisa às vezes acontece com as pessoas que estão indo pra fora por exemplo a mudança eles compram passagens programa todo vai levar o animal só que vai levar daqui a mesma que há dois meses e aí não dá tempo dois anos de raiva ficar pronto entendeu então pensando que vai viajar sempre procura o veterinário e o consulado porque o consulado vai te mandar tudo direitinho que cada país pede porque tem países que é um pouco mais flexível em discussão um pouco mais enjoado pra por causa da barreira sanitária para que não leve doença daqui pra lá é um animal a maioria das companhias aéreas só podem dois animais por avião dois cachorros ou um cachorro e um gato se tiver um gato não pode ter cachorro é s se tiver um gato não pode ter cachorro ah e se tiverem 2 que só podem ter dois cachorros dentro do vôo enquanto não embarca que coisa né ea caixa de transporte também seja dentro do país ou fora o animal ele tem que dar uma volta de 360 graus dentro da coxinha porque senão também ela não passa para embarcar o animal ou seja animal de grande porte o programa enviado é às vezes não tenho outro branco assim ele vai no bagageiro compartimento mas ele tem um compartimento que é pra casa viva é diferente do óleo isso aliás eles têm até o cargueiro o que mais o transporte pirata é mais seguro né hoje em dia eles têm um compartimento muito bem controlado com oxigenação tudo né o que acontece na região não está acostumado e fico estressado então por exemplo quando eles não estão acostumados com a caixa de transporte o psp o dono um mês antes de viajar deixa caixinha para o chão sem fazer como os casinha ele entrar brincar dormir para entender que ele não é um ambiente ruim que o dia da viagem fica um pouco mais tranquila e essa gestão de consumos nagasse esperança de uma festa mais com relação aos às redacções é interessante falar alguns algumas pessoas me ligaram e eu vou viajar o que ia ser um animal a companhia pediu para sedar o animal eu não recomendo tá porque a sedação ele é uma forma de anestesia lembrando que na hipótese o animal ele está com temperatura baixa e fica com a freqüência cardíaca alterado então mesmo risco de uma cirurgia ele vai ter só que ele não tem acompanhamento de ninguém então eu não indico existem medicamentos mais naturais começar com o veterinário que sistematicamente podem acalmar um pouquinho não vai dormir mas ele fica um pouco mais calma essa questão de redação.

Viagem com cães e gatos

também é eu não gosto mesmo é de carro ou de avião não recomendo tinha uma outra dúvida pergunta que vocês não sei se o assunto é correlato mas a questão do microchip é é umas pessoas inclusive enviar o nome é conversando comigo olha coloca o microchip no nos seus animais para evitar o seqüestro roubo ou identificar esse animal de alguma outra forma né eu fiquei com muito medo porque eu acho que machucar o animal ali e vai agredir a pele deles será que isso funciona então até interessante comentar isso porque é em alguns países isso funciona muito bem né anos estados unidos na europa a gente eles recomendo que você apresentar no país você tem que colocar um microchip no animal animais todos são microchipados que é uma forma de identificação no brasil nós colocamos um microchip o problema é o seguinte se todos os colegas veterinários tivessem o leitor porque quando eu coloco e é indolor já a agulha ser um pouco grande não gerador que o tecido subcutâneo do cachorro é muito extensa grande ea vasco a irrigação com com amigos ali é muito pequena então normalmente quando a gente aplica principalmente ao longo da semana que aqui no alto e não um gera essa dor a gente vai pra não ficar tranqüilo tá é um grãozinho de arroz pinhais implantá-los isso funciona bem na europa questão de perder o animal porque lá todos os veterinários eles têm um leitor e esse animal se perdeu você avisa você coloca na vida prevê terminar a gente entra no cadastro e coloco que o totó ele está perdido e lá tem o nome do dono tem o nome de top a foto de totó no cadastro que nós fizemos que ele é mundial tá quando você chega na clínica você encontrou totó você chegou na clínica o veterinário a de fora e vai passar o leitor ele vai ver que o nome que você deu por exemplo foi nulo não é ficar dizendo que totó alguma coisa está errada e aí você liga para os órgãos de proteção animal você só desse animal foi encontrada abandonada então isso funciona esse relato de gato foi encontrado em outros países 34 anos depois entendeu o problema no brasil é que como os veterinários não tem um leitor eles não têm o hábito de passar eu não ouvir é difícil a gente até passa leitor alguns animais se proprietário comenta que tem chip entendeu mas se você não comentar não vai passar e o chip não tem rastreador o chip ele tem um uma os dados do animal todos estão ali cadastradas um microchip mas eu não consigo localizar através de um gps ter sempre oriento que pra encontrar um animal o ideal realmente uma coleira de identificação ou coleirinhas com gps mas a gente conta com a boa vontade de quem acha só que às vezes a pessoa pega também não é uma casa de avaliação também para qual fim vai ser utilizado explicou chipp muito obrigado a todos e é possível que nosso espaço pet que o programa mega profissionais vai chegando ao final muito obrigado pelo carinho de todos vocês continuam a manter contato conosco através das nossas redes sociais e também participe conosco também da platéia virtual e da platéia presencial entre em contato lá no site faça o seu registo para seu cadastro espero todos vocês aqui na semana que vem deus [Música]

Viagem com cães e gatos

ARTIGOS RELACIONADOS

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!