Bolsonaro vai sancionar projeto que aumenta pena para maus-tratos de cães e gatos, diz deputado

O presidente Jair Bolsonaro vai sancionar na terça-feira (29) o projeto de lei que aumenta a pena para quem maltratar cães e gatos. A informação é do deputado Fred Costa (Patriota-MG), autor da proposta.

O texto altera a Lei de Crimes Ambientais. Atualmente, a pena para crimes contra qualquer animal é de três meses a um ano de detenção e multa —e pode ser aumentada de um sexto a um terço se ocorrer morte do bicho. O PL 1.095/2019 prevê reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda para quem praticar abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar cães e gatos, especificamente.

Na prática, a lei prevê cadeia para o agressor. Isso porque crimes com penas de até dois anos são considerados de menor potencial ofensivo, e o responsável dificilmente vai preso –a punição normalmente é convertida em prestação de serviço.

“Um grande avanço na luta contra impunidade!”, escreveu o deputado em rede social nesta segunda (28).

O projeto de lei foi aprovado no Senado no dia 9 de setembro e, desde então, defensores da causa animal tem usado hashtags nas redes para cobrar o presidente pela sanção.

A primeira-dama, Michelle, também defende punição maior. Bolsonaro, porém, chegou a questionar pena mais severa e afirmou em live que queria ouvir os internautas por meio de uma enquete.

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!