Cachorro é morto a tiros de chumbinho, e moradores pedem justiça por Dalmo em MG

Dalmo, um cachorro comunitário, foi assassinado a tiros de chumbinho em Ouro Branco (MG).

Carinhoso e dócil, ele era castrado, tinha caminha e vivia sob cuidados de moradores, segundo a ONG Recanto dos Animais.

O crime ocorreu na quarta (7), no bairro Siderurgia, e provocou reações.

Moradores da cidade fizeram um ato para pedir justiça. O agressor fugiu.

“Com a lei Sansão em vigor, queremos Justiça pelo Dalmo! Que esse assassino de animais responda por seu crime”, escreveu a ONG em rede social.

O deputado federal Fred Costa, autor do projeto que resultou na lei Sansão, afirma que sua equipe esteve com protetores e com o delegado para tomar providências. Em seu perfil, pediu ajuda para localizar o criminoso.

O deputado estadual Noraldino Junior também que cobrará respostas para o caso. “Enviando ofícios às autoridades da cidade pedindo justiça pelo Dalmo e respeito aos tantos animais que sofrem diariamente por maus-tratos”, escreveu.

LEI SANSÃO

A chamada lei Sansão modifica a Lei de Crimes Ambientais e endurece a prevê para crimes contra cães e gatos.

O agressor, se condenado, agora pode pegar de dois a cinco anos de reclusão, além de multa. Antes, a punição prevista era  de três meses a um ano de detenção —e o agressor tinha a pena normalmente revertida em alternativa, como prestação de serviços.

 

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!