Cachorro é morto a tiros de chumbinho, e moradores pedem justiça por Dalmo em MG

Dalmo, um cachorro comunitário, foi assassinado a tiros de chumbinho em Ouro Branco (MG).

Carinhoso e dócil, ele era castrado, tinha caminha e vivia sob cuidados de moradores, segundo a ONG Recanto dos Animais.

O crime ocorreu na quarta (7), no bairro Siderurgia, e provocou reações.

Moradores da cidade fizeram um ato para pedir justiça. O agressor fugiu.

“Com a lei Sansão em vigor, queremos Justiça pelo Dalmo! Que esse assassino de animais responda por seu crime”, escreveu a ONG em rede social.

O deputado federal Fred Costa, autor do projeto que resultou na lei Sansão, afirma que sua equipe esteve com protetores e com o delegado para tomar providências. Em seu perfil, pediu ajuda para localizar o criminoso.

O deputado estadual Noraldino Junior também que cobrará respostas para o caso. “Enviando ofícios às autoridades da cidade pedindo justiça pelo Dalmo e respeito aos tantos animais que sofrem diariamente por maus-tratos”, escreveu.

LEI SANSÃO

A chamada lei Sansão modifica a Lei de Crimes Ambientais e endurece a prevê para crimes contra cães e gatos.

O agressor, se condenado, agora pode pegar de dois a cinco anos de reclusão, além de multa. Antes, a punição prevista era  de três meses a um ano de detenção —e o agressor tinha a pena normalmente revertida em alternativa, como prestação de serviços.

 

Muito Obrigato Por Votar

Deixe uma resposta

Rolar para cima