Morre Doze, cachorro famoso após família rifar ingresso do Flamengo para custear tratamento

O vira-lata Doze ficou conhecido em 2019, quando sua família decidiu rifar o que tinha de mais valioso –um ingresso para Flamengo e Grêmio— para custear seu tratamento após diagnóstico de câncer. Desde então, o cachorro ganhou admiradores em rede social, levou alegria aos tutores e enfrentou a doença. No entanto, há alguns dias precisou passar por mais uma cirurgia e, apesar dos cuidados, não resistiu e morreu na terça (2), na clínica onde estava internado.

“Ele estava lutando, comeu tudinho, tomou os remédios, mas um tromboembolismo pulmonar findou sua respiração. Foi rápido, estava bem assistido, não sofreu”, escreveram os tutores em rede social.

A história de Doze comoveu. A rifa que valia entrada para um jogo de semifinal da Libertadores foi um sucesso. Na ocasião, internautas se mobilizaram em uma corrente do bem que em poucos dias superou a meta em uma vaquinha virtual para ajudar o vira-lata.

E, à época, o tutor flamenguista não ficou sem assistir ao jogo. Apesar do sorteio do ingresso, ele ganhou outra entrada e disse que Doze, o “12º jogador”, viraria mascote do clube.

Doze foi resgatado das ruas quando era bebê. Amava bolinhas, mas não gostava de pombos e fogos.

“Agora você tá livre e bem pra correr com a sua bolinha”, escreveram os tutores na despedida.

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!