Roubo de cães dispara no Reino Unido durante a pandemia

Enquanto os britânicos optam cada vez mais por procurar a companhia de animais de estimação para superar a solidão e a angústia em meio aos confinamentos, roubos de cães disparam no Reino Unido durante a pandemia.

Diante da damanda, os preços subiram. Com isso, criminosos se viram diante de um mercado lucrativo e com poucos riscos, segundo a AFP.

“Se você for pego roubando um cachorro, corre o risco de uma multa irrisória de 200 ou 250 libras. E as gangues criminosas estão dispostas a correr o risco por uma quantidade tão insignificante”, disse à agência de notícias Wayne May, que colabora com a polícia britânica.

No site DogLost, May ajuda tutores a encontrar seus bichinhos perdidos ou roubados. Desde o começo da pandemia, percebeu um aumento de 250% nos roubos de cachorros.

“Estou há 30 anos nisso, e 2020 foi o pior ano”, afirma. “É uma pandemia em si, e está aumentando.”

Uma mulher identificada como Sarah disse à AFP que seis de seus cachorros foram levados. Um sétimo havia sido abandonado a 2 km de distância. Um mês depois, outro animal –uma fêmea da raça springer spaniel– foi encontrada. “Estava com uma ferida muito feia nas costas, tentaram remover seu microchip”, disse.

Quatro cães da raça patterdale terrier e um border terrier continuam desaparecidos.

Segundo dados do site Pets4Homes, que analisou cerca de 150 mil anúncios, o preço médio de venda de um cachorro entre março e setembro de 2020 foi de 1.883 libras (cerca de R$ 13.900), contra 888 libras durante o mesmo período do ano anterior (cerca de R$ 6.500). O preço algumas raças, como o buldogue ou o cavapoo, pode chegar até 4.000 libras (cerca de R$ 29.600).

Para May, apenas o endurecimento das penas poderá deter os ladrões. “Antes da pandemia, o que víamos eram roubos de oportunidade, uma porcentagem muito pequena e eram gangues criminosas ou roubos específicos, mas tudo isso mudou no ano passado”, afirma.

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!