Sudeste concentra quase metade da população pet, aponta instituto

A região Sudeste concentra quase metade da população pet do país, mostram dados do IPB (Instituto Pet Brasil).

Um quarto dos animais está em São Paulo, segundo o levantamento. Os estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro aparecem em segundo e terceiro lugar, com 9,1% e 8,9%, respectivamente. O Espírito Santo tem 1,8% dos pets.

São Paulo e Minas também são os estados mais populosos quando contabilizados apenas cães e aves.

Dados do instituto apontam ainda que, em 2019, o Brasil tinha 141,6 milhões de animais, ante 139,6 milhões na estimativa de 2018.

O número de cães subiu 1,7%, para 55,1 milhões. Os gatos apresentaram crescimento declarado de 3% e somam 24,7 milhões. Peixes ornamentais cresceram 1,5% em número de população, de 19,1 milhões para 19,4 milhões de animais. Aves tiveram crescimento de 0,5%, para 40 milhões. Répteis e pequenos mamíferos tiveram alta de 4% na comparação com 2018, para 2,4 milhões.

“O que esses números nos mostram é que o hábito de possuir um animal  de estimação em casa está intimamente ligado ao cotidiano das famílias, justamente porque acompanham a densidade demográfica humana”, diz o presidente-executivo do instituto, Nelo Marraccini.

Apesar da crise provocada pela pandemia, o mercado pet continua em ascensão. A projeção do IPB é de um faturamento de R$ 37,5 bilhões até o final deste ano, crescimento de 6,25% em relação aos seis primeiros meses de 2019.

(Foto: Adobe Stock)

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!