Sudeste concentra quase metade da população pet, aponta instituto

A região Sudeste concentra quase metade da população pet do país, mostram dados do IPB (Instituto Pet Brasil).

Um quarto dos animais está em São Paulo, segundo o levantamento. Os estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro aparecem em segundo e terceiro lugar, com 9,1% e 8,9%, respectivamente. O Espírito Santo tem 1,8% dos pets.

São Paulo e Minas também são os estados mais populosos quando contabilizados apenas cães e aves.

Dados do instituto apontam ainda que, em 2019, o Brasil tinha 141,6 milhões de animais, ante 139,6 milhões na estimativa de 2018.

O número de cães subiu 1,7%, para 55,1 milhões. Os gatos apresentaram crescimento declarado de 3% e somam 24,7 milhões. Peixes ornamentais cresceram 1,5% em número de população, de 19,1 milhões para 19,4 milhões de animais. Aves tiveram crescimento de 0,5%, para 40 milhões. Répteis e pequenos mamíferos tiveram alta de 4% na comparação com 2018, para 2,4 milhões.

“O que esses números nos mostram é que o hábito de possuir um animal  de estimação em casa está intimamente ligado ao cotidiano das famílias, justamente porque acompanham a densidade demográfica humana”, diz o presidente-executivo do instituto, Nelo Marraccini.

Apesar da crise provocada pela pandemia, o mercado pet continua em ascensão. A projeção do IPB é de um faturamento de R$ 37,5 bilhões até o final deste ano, crescimento de 6,25% em relação aos seis primeiros meses de 2019.

(Foto: Adobe Stock)

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

//platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!