Tosse de cachorro? – Mãe de Cachorro

 

Tosses caninas

Irritações na traqueia canina causam uma tosse seca, alta, que lembra um barulho de gansos e que normalmente acontece em série. Após os episódios de tosse o cão pode vomitar um material branco parecido com espuma e que nada mais é do que saliva. Os fatores causadores podem ser vários e acontecer combinados: a inalação de produtos químicos ou de alergênicos, doença cardíaca que aumenta o tamanho do coração a ponto dele comprimir a traqueia, infecções bacterianas (como a “tosse dos canis”), bronquite alérgica, obesidade, colapso de traqueia etc. Cães com traqueias irritadas tendem a tossir quando estão agitados ou quando têm suas gargantas pressionadas (coleiras, batidas, toque etc.). Qualquer fator que estimule a traqueia, como a entrada rápida de ar, ou pressão física externa, pode iniciar a tosse.

Colapso

A doença popularizada como “gripe canina”, ou “tosse dos canis”, geralmente é oportunista, breve e raramente leva a complicações mais sérias em animais bem cuidados. Já o colapso de traqueia é uma síndrome mais comum, ainda assim, na maioria dos casos, manter o cão com o peso ideal e monitorar atividade física, agitação e exposição ao calor é suficiente para ajudar o animal a lidar com o problema. Cães das raças Yorkshire Terrier, Poodle, Pug, Buldogue (todos) e outros de focinho achatado ou encurtado, costumam ser os mais afetados, principalmente por serem todos vítimas de deformações causadas pelos humanos na criação de suas raças e na diminuição de seus focinhos ou de seu porte (tamanho).

Diagnóstico

Um diagnóstico definitivo só é possível com exames de imagem (raio-x ou endoscopia). Mas o raio-x pode não mostrar o problema caso a colapso da traqueia não esteja ocorrendo. Alguns veterinários diagnosticam baseados na apalpação e no histórico de saúde do cão. Continue a ler clicando aqui.

 

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!