Dezembro Verde alerta contra o  abandono de  animais; entenda 

Abandonar ou maltratar animais é crime previsto em lei federal no Brasil. Ainda assim, são recorrentes os casos. Para conscientizar tutores e incentivar a guarda responsável, a campanha Dezembro Verde ocorre neste mês.

Não há estatísticas oficiais, mas a última estimativa da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontava mais de 30 milhões de cães e gatos em situação de abandono no país.

Nas ruas, esses animais sofrem com fome, exposição ao tempo, doenças e risco de atropelamentos. São traumas que interferem no bem-estar mental e comportamento do bicho, afirma a veterinária Cristiane Pizzutto, presidente da Comissão Técnica de Bem-estar Animal CRMV-SP (Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo).

Mas há também prejuízos à saúde pública. “O abandono impacta diretamente na vida das pessoas, pois animais nas ruas causam acidentes de trânsito, prejudicam o turismo e afetam a saúde pública —devido às doenças que afetam tanto humanos quanto animais”, afirma a veterinária Rosangela Gebara, que integra a comissão.

POR QUE DEZEMBRO?

Neste 2020 da pandemia, ONGs registraram mais pessoas interessadas em adotar animais, mas o abandono e os maus-tratos também cresceram.

Mas, tradicionalmente, o fim do ano é o período em que casos de abandono aumentam exponencialmente, em meio a festas e férias.

“Acontece de famílias deixarem seus animais nas ruas, isentando-se da responsabilidade quando vão se ausentar para as viagens de férias e festas de fim de ano”, afirma Cristiane.

MAUS-TRATOS É CRIME

Maus-tratos a animais pode ser punido pela Lei de Crimes Ambientais. No final de setembro, a chamada lei Sansão, sancionada pelo governo federal  aumenta a pena para quem maltratar cães e gatos, especificamente,  e prevê prisão para o agressor.

Denúncias sobre abandono ou maus-tratos podem ser feitas pelo 190 para a Polícia Militar, em delegacias —alguns estados têm delegacias especializadas de meio ambiente ou proteção animal— ou disque-denúncias específicos nos estados.

O denunciante deve reunir a maior quantidade de provas possíveis —como fotos, vídeos, imagens de circuitos de condomínios, áudios.

QUER UM ANIMAL EM CASA?

Ter um animal de estimação é assumir responsabilidade de cuidar do pet por toda sua vida. Antes de adotar ou comprar é preciso avaliar pontos como disponibilidade da família, condições financeiras, espaço.

Segundo o CRMV-SP, o candidato a tutor deve se fazer os seguintes questionamentos:

– Todos na família estão de acordo com a presença do animal?

– O animal terá onde ou com quem ficar quando o tutor for viajar?

– O animal terá um espaço adequado para dormir e brincar?

– O tutor terá tempo para fazer passeios e dar a atenção diária que o animal requer?

– Haverá condições de levar o animal regularmente ao médico-veterinário?

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook e no Instagram

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para bompracachorroblog@gmail.com  ou marque no Instagram

https://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Deixe uma resposta

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
error: O conteúdo está protegido !!