Morre Champ, cachorro da família Biden

Champ, um dos cães da família Biden, morreu em casa, aos 13 anos.

Ao compartilhar a informação em rede social, neste sábado (19), o perfil do presidente americano afirma que nos últimos meses, já fraquinho, o pastor alemão não deixou de se levantar ou abanar o rabinho sempre que via a família, alegre em busca de um afago.

O texto diz ainda que ele gostava de ficar sempre junto dos tutores e era uma presença reconfortante. “Em nossos momentos mais alegres e em nossos dias mais tristes, ele estava lá conosco, sensível a cada nosso  sentimento e emoção não ditos.”

Champ era também o irmão mais velho de Major, o pastor alemão adotado pelos Bidens em novembro de 2018, ainda filhote, é que foi celebrado por ser o primeiro cachorro de abrigo a viver na Casa Branca.

Os dois interromperam uma sequência de quatro anos sem animais de estimação na residência oficial.

O republicano Donald Trump não teve pets. Antes dele, Bo e Sunny, os cães da família Obama, eram considerados “embaixadores caninos” da Casa Branca. Bo morreu em maio deste ano, após um câncer.

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!