Como ensinar o seu cachorro dar as patas?

Como ensinar o seu cachorro dar as patas?

Estabeleça regras e limites

Idealmente, você deve definir limites antes que um animal de estimação entre em uma determinada casa.

Por exemplo, quando você se muda para uma nova residência, é um bom momento para criar uma área de “limite”.

Os animais são menos propensos a desafiar sua autoridade, o que reduz a confusão. Algumas restrições podem ajudar.

Entre eles, a voz de comando é utilizada para evitar que os bichinhos subam no sofá ou saiam pelo portão.

No entanto, outras só podem ser impostas em circunstâncias específicas. Por exemplo, quando for passear, não deixe seu amigo fugir.

Deixe-o esperar por você! Claro, você quer ter certeza de que seus animais de estimação não podem entrar na área “proibida” enquanto você não estiver em casa.

Portões, cadeiras ou outros tipos de barreiras podem ser usados ​​para impedir a entrada. Se a possibilidade de entrar na grande área for descartada, as chances de sucesso serão maiores.

Comece recompensando o bom comportamento

Esteja sempre atento e repita este “ritual” até que seu amigo comece a usar o absorvente sozinho. Além da paciência, recompensar a agilidade também é importante.

Isso porque, se você dedicar um tempo para oferecer uma guloseima, seu animal de estimação associará isso a outro comportamento.

A melhor maneira de lidar com latidos excessivos e pedidos de comida na mesa é ignorá-los.

Essas atitudes são projetadas para chamar sua atenção – os animais esperam amor, brincadeira ou comida em troca.

No entanto, uma vez que você se recuse a dar atenção a ele, ele entenderá rapidamente que esses comportamentos não o levarão a atingir seus objetivos.

Um exemplo clássico de behaviorismo aplicado nos leva de volta à infância.

Se você já recebeu um apelido maldoso na escola, é provável que seus pais lhe tenham dito para não levar isso a sério, porque se a provocação for ignorada, ela vai parar com o tempo.

Se você agir com raiva ou infeliz, esse apelido será muito usado.

Use o reforço positivo para recompensar o bom comportamento

Essa é a base do reforço positivo: uma forma de aprendizado em que ocorre a comunicação entre o dono e o filhote.

Um animal associa o que precisa fazer a uma recompensa prazerosa. Então ele quer “bater” algumas vezes para receber abraços e mimos!

Ao contrário do que muitos pensam, os conceitos de reforço positivo e negativo nada têm a ver com coisas “boas” e “ruins”, respectivamente.

A primeira refere-se a adicionar algo (como uma guloseima) para enfatizar o comportamento correto.

A segunda envolve não irritar os animais de estimação quando seu comportamento não é o esperado.

Outra ótima maneira de usar o reforço positivo é elogiar os animais.

Sim, cachorros adoram ser elogiados, e quanto mais você fizer isso, mais o animal vai se acostumar com a situação para repeti-la.

Então, toda vez que o animal fizer algo que você pedir para ele fazer, ou mesmo que ele faça sem você pedir, elogie-o.

Ensine seu cão a sentar, sentar, ficar e rolar

Sentar-se confortavelmente é a melhor forma de ensinar o seu animal a praticar novos truques.

Faça-o sentar e segurar a pata do seu animal de estimação enquanto diz “dê a pata”, “oi cinco” ou alguma palavra de comando alegre.

Educar um cachorro significa começar desde filhote para que aprenda o comportamento adequado e se adapte às situações do dia a dia.

Em outras palavras, ensine-o a manter a calma ao caminhar na rua ou fazer compras com ele, e também quando estiver livre para brincar com os amigos no parque.

Para ensinar seu cão a sentar, faça-o ficar de frente para você.

Diga “senta” e mostre que você tem a guloseima, colocando-a sobre o focinho do cachorro e movendo-a de volta para a cabeça do cachorro.

Naturalmente, ele se sentará e seguirá a comida em sua mão. Assim que ele se senta, você tem que passá-lo. Envie-lhe muito amor e elogios.

Diga “Sente-se direito!” e faça com que ele associe a palavra à ação que acabou de realizar.

Uma vez que seu cão obedeça aos seus comandos verbais e gestos, reduza gradualmente o movimento de retirar o petisco até que você não o queira mais.

Continue a praticar várias vezes ao dia até que o tratamento não seja mais necessário.

Agora que seu cachorro sabe sentar, você pode ensinar comandos mais complexos como “deita” e “vem cá!”

Continue lendo para aprender como ensinar seu cachorro a usar o penico!

Gostou do nosso blog Como ensinar o seu cachorro dar as patas? Marque como favorito e siga nossa página nas redes sociais para ficar por dentro de tudo que postamos.

PAGINAS AMIGAS:

https://mundopetclub.com/

REDES SOCIALES:

https://www.instagram.com/mundopetclub
 
 
 
 
 
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Muito Obrigato Por Votar

Deixe uma resposta

error: O conteúdo está protegido !!